Primeira juíza de Direito do Brasil

Recordista ingressou na magistratura do Estado de Santa Catarina no ano de 1954

20/11/2012
6311 Acessos
Imprimir
Primeira juíza de Direito do Brasil
Thereza Grisólia fez história na área de Direito - Imagem: divulgação
Thereza Grisólia Tang entra para o RankBrasil por ter sido a primeira juíza de Direito do país. Ela ingressou na magistratura de Santa Catariana em 21 de dezembro de 1954, após passar em concurso público.

Além de fazer história pelo recorde, Thereza ocupou o mais alto cargo do Judiciário estadual, permanecendo na presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) entre 13 de dezembro de 1989 e 05 de março de 1990.

No mesmo Estado, também foi presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TER). Sua brilhante carreira foi possível através da superação de obstáculos e preconceitos. Até mesmo os pais da recordista não concordavam com a opção dela em entrar para o mundo do direito.

Thereza permaneceu na profissão até se aposentar, como desembargadora, aos 70 anos. Nascida em São Luiz Gonzaga – RS, em 10 de fevereiro de 1922, graduou-se na Faculdade de Direito da Universidade do Rio Grande do Sul (UFRGS). Ela faleceu em 17 de outubro de 2009, em Florianópolis – SC, aos 87 anos de idade.



Única mulher no Judiciário estadual
Ao ingressar na magistratura de Santa Catarina, ela se manteve na condição de única mulher no Judiciário estadual por quase 20 anos. A segunda juíza do Estado foi nomeada apenas no ano de 1973.

Último desejo
Seu último desejo, que revela o tamanho do orgulho que Thereza sentia por sua profissão, foi respeitado e atendido: a desembargadora foi enterrada de toga – traje preto e comprido usado por advogados.


Fontes: JusBrasil, Revista Veja e Folha UOL
Redação: Fátima Pires