Primeira mulher eleita deputada federal

Recordista participou dos trabalhos na Assembleia Nacional Constituinte entre 1934 e 1937

11/06/2012
9330 Acessos
Imprimir
Primeira mulher eleita deputada federal
Carlota conquistou o cargo na legenda da Chapa Única por São Paulo - Imagem: divulgação
Carlota Pereira de Queirós foi a Primeira mulher eleita deputada federal, que conquistou o cargo na legenda da Chapa Única por São Paulo.

Ela entrou para a Assembleia Nacional Constituinte em 1934, no governo Getúlio Vargas e permaneceu até 1937, quando foi instaurado o regime político do Estado Novo.

Seu mandato foi em defesa das mulheres e das crianças. A recordista integrou a Comissão de Saúde e Educação, trabalhando pela alfabetização e assistência social.

Carlota nasceu em São Paulo, em 13 de fevereiro de 1892 e morreu em 14 de abril de 1982, também na capital paulista. Além de política, ela foi médica, escritora, historiadora e pedagoga.

Projetos
A recordista foi autora do primeiro projeto sobre a criação de serviços sociais, bem como a emenda que viabilizou a implantação da Casa do Jornaleiro e do Laboratório de Biologia Infantil.

Líder
Durante a Revolução Constitucionalista de 1932, que aconteceu em São Paulo, movimento de contestação à Revolução de 1930, Carlota organizou, à frente de 700 mulheres, a assistência aos feridos.

Na medicina
Carlota se formou na Universidade de Medicina de São Paulo e atuou na área em hospitais brasileiros, alemães, franceses e suíços. Foi fundadora da Associação Brasileira de Mulheres Médicas, membro da Academia Paulista de Medicina e da Academia Nacional de Medicina de Buenos Aires.

Homenagem
Um monumento localizado na Praça Califórnia, bairro de Pinheiros, na capital paulista, faz uma homenagem à recordista, que tanto contribuiu para a história do país. Ela também foi homenageada através da avenida intitulada Doutora Carlota Pereira de Queirós, que fica no distrito de Socorro, na região Sul de São Paulo.


Fontes: Folha UOL, Fundação Getúlio Vargas, Revista Isto É e Wikipédia
Redação: Fátima Pires