Copa Kaiser busca recorde de maior torcida em final de campeonato amador

Partida com entrada franca acontece no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, no próximo dia 18. Evento vai contar com a presença do técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, que é embaixador da marca Kaiser

12/11/2012
6573 Acessos
Imprimir
Copa Kaiser busca recorde de maior torcida em final de campeonato amador
A Copa Kaiser São Paulo busca o recorde brasileiro de maior torcida em final de campeonato amador. O grande confronto é entre as equipes EC Ajax e Turma do Baffô, em partida que será realizada no próximo dia 18, com início às 12h45.

Com ingresso gratuito, a expectativa dos organizadores é de um público de mais de 15 mil torcedores. Pela primeira vez na história da competição, a final vai acontecer em um estádio de futebol oficial, o Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), na capital paulista.

A equipe do Ajax possui a maior torcida da ‘várzea’: na semifinal, mais de 10 mil pessoas acompanharam o time vencer e avançar de fase. Já a Turma do Baffô chega à final da Copa Kaiser pela segunda vez consecutiva, sendo vice-campeã no ano passado.

Para registrar o recorde nacional de maior torcida em final de campeonato amador, os fiscais do RankBrasil, Luciano Cadari e Bruno Kovalski, vão acompanhar a entrada das pessoas, analisando a numeração das catracas. Os torcedores devem entrar pelo portão 1, que será aberto a partir das 11 horas.

A competição contará com a presença do técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Mano Menezes, que é embaixador da marca Kaiser. Além de participar de algumas ações, ele dará uma entrevista coletiva à imprensa no final do evento.

O Pacaembu, que tem capacidade para cerca de 40 mil pessoas, fica na Praça Charles Miller, s/nº. A realização do evento no estádio resulta do nível técnico dos times e do bom desempenho na organização da Copa Kaiser, uma vez que o campeonato vem ganhando cada vez mais notoriedade.

Por diversas vezes, o número de torcedores nos jogos do campeonato amador acaba superando até mesmo o volume de pessoas presentes em campeonatos oficiais. Na Série A do Campeonato Brasileiro, por exemplo, apenas seis das 20 equipes participantes têm média de público superior a 15 mil espectadores por jogo.

Durante a final da Copa Kaiser São Paulo, a Lata Bazuca Móvel lançará 500 camisetas para o público e a Kaiser vai presentear cada equipe finalista com um ‘bandeirão’ para a torcida. A final do campeonato será transmitida ao vivo pelo site do Terra.

Copa Kaiser
A Copa Kaiser de São Paulo teve início em 1995, com a participação de 128 equipes. Com o tempo, adquiriu o rótulo de ‘Copa do Mundo da Várzea’ e se transformou em sinônimo de futebol amador. O campeonato cresceu tanto que a partir de 2009 passou a ter duas divisões: Série A e Série B, com 192 times participantes cada uma.

Por sua importância, o torneio gerou frutos, atingindo outros estados brasileiros, com o início das competições em Belo Horizonte – MG, Curitiba – PR, Blumenau – SC, São José do Rio Preto – SP e Porto Alegre – RS.

Em São Paulo, a Copa Kaiser chega à sua 15ª edição em 2012. Pelo número de participantes, as duas divisões ficaram insuficientes e foram adotados campeonatos seletivos, uma espécie de Série C para entrar na B. Este ano, 9.850 atletas se inscreveram para a disputa. Pelas Séries A e B aconteceram mais de 1,2 mil jogos.

Este ano, a grande final da Copa Kaiser Brasil está prevista para acontecer em 02 de dezembro, às 10h30, no Clube de Caça e Tiro Velha Central, na cidade de Blumenau, Santa Catarina.

Revelação
A Copa Kaiser já revelou muitos talentos no futebol, entre eles, Ricardo Oliveira, que jogou no Santos, no Milan/ Itália e na Seleção Brasileira. Outra revelação no torneio foi Elias, da Seleção Brasileira, que ingressou no Corinthians e agora joga em Portugal. Dezenas de outros profissionais nasceram ou jogaram no torneio amador de futebol da Kaiser.

Sobre a Heineken Brasil
A Cervejaria Heineken, que produz a Kaiser, foi criada formalmente no Brasil em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA. Baseada em São Paulo, é subsidiária da Heineken NV. No país, a empresa gera cerca de 2,3 mil empregos e possui oito cervejarias espalhadas por diversos estados, com capacidade total de produção de 20 milhões de hectolitros.

Marca de cerveja Premium mais internacional e valiosa do mundo, a Heineken está presente em quase todos os países. A Heineken International é a maior cervejaria da Europa, segunda do mundo em rentabilidade e a terceira em volume. A Heineken opera 140 cervejarias em mais de 70 países, e em 2011 vendeu 214 milhões de hectolitros.


Redação: Fátima Pires

Matéria publicada em:
Horizonte MS
ClicNews