Maior distribuição de ovos de Páscoa por uma organização social

Recorde é do Movimento da Paz e Justiça Ives Ota, que entregou mais de 20 mil ovos de chocolate para crianças da cidade de São Paulo

06/04/2015
2618 Acessos
Imprimir
Maior distribuição de ovos de Páscoa por uma organização social
Instituto distribuiu ao todo 20.097 ovos de chocolate para crianças de São Paulo / Foto: Acervo Movimento da Paz e Justiça Ives Ota
Com uma tradicional iniciativa, o Movimento da Paz e Justiça Ives Ota entra para o RankBrasil em 2015 pelo recorde de Maior distribuição de ovos de Páscoa por uma organização social.

Entre os dias 23 de março e 5 de abril foram entregues 20.097 unidades de chocolate a crianças em vulnerabilidade social de São Paulo (SP). Uma cerimônia especial realizada no dia 4, no Jardim Flamingo, comemorou o título brasileiro com queima de fogos e apresentação do troféu de recordista.

O projeto ‘Páscoa para todos’ teve início em 1998 e traz uma mensagem de compartilhamento. “Neste tempo de entrega percebemos que a maioria atendida ganha somente este ovo, por isto a importância da atividade”, diz a vice-presidente do Movimento, Margareth Kayo.

Anualmente, aproximadamente 50 pessoas participam da distribuição, entre elas voluntários do instituto e mães de vítimas de violência. Os chocolates são arrecadados durante o ano e o projeto recebe ajuda de empresários e comunidade em geral.

O Movimento da Paz e Justiça Ives Ota surgiu em 1997, após o menino Ives Ota, que em vida decidiu dividir os ovos de Páscoa com crianças carentes, ser brutalmente assassinado. “Nossa missão é passar a mensagem do perdão, da paz e do amor. Queremos mostrar que o perdão precisa fazer parte do cotidiano e a paz e o amor devem reinar”, destaca Margareth.

Segundo a vice-presidente, além de valorizar o trabalho desenvolvido, o recorde junto ao RankBrasil mostra que a mensagem de compartilhamento deixada pelo garoto está sendo transmitida: “A ideia de compartilhar começa desde a doação dos chocolates, passa pela ação dos voluntário na organização da distribuição, culminando com a entrega nas mãos das crianças”.

O projeto ‘Páscoa para todos’ teve início em 1998 e traz uma mensagem de compartilhamento em memória ao menino Ives Ota, que em vida decidiu dividir os ovos de chocolate com crianças carentes / Foto: Acervo Movimento da Paz e Justiça Ives Ota

Movimento Ives Ota
Em agosto de 1997, Ives Yoshiaki Ota, de oito anos, foi sequestrado por três homens, os quais faziam a segurança nas lojas de seu pai, sendo dois deles Policiais Militares. O menino morreu com dois tiros no rosto porque reconheceu um dos envolvidos.

No mês de setembro do mesmo ano, fundou-se o Movimento da Paz e Justiça Ives Ota, sem sectarismo religioso, tendo por finalidade construir uma sociedade pacífica e a intenção de conscientizar as pessoas que somente através do perdão a verdadeira paz se instala.

Inspirado nos princípios fundamentais preconizados pelo garoto, o instituto atua para promover o respeito e defender a vida humana. Atualmente, a família Ota trabalha em prol dos menos favorecidos materialmente e espiritualmente, e dando apoio às famílias vítimas da violência.

Além da distribuição dos ovos de Páscoa, ocorre anualmente atividades relacionadas ao Dia Internacional da Mulher, Dia das Mães, Dia das Crianças, Natal, entre outras datas comemorativas. Também acontece a Carreata do Perdão, reunindo cerca de 40 veículos os quais percorrem várias ruas da cidade, terminando com missa em memória de Ives Ota.

Para as pessoas que se sensibilizaram, o movimento precisa de voluntários em diversas áreas, na busca por uma cultura de paz. Também recebe doações de roupas, chocolates, brinquedos e cestas básicas. Mais informações no site do instituto.


Redação: Fátima Pires

Confira a galeria de imagens