Primeira capital do Brasil

Cidade baiana ocupou o título de capital brasileira durante 214 anos, entre 1549 e 1763. Local foi escolhido por sua posição estratégica

12/02/2013
19127 Acessos
Imprimir
Primeira capital do Brasil
Salvador foi capital do Brasil por sua posição estratégica - Foto: Manu Dias – Secom
A cidade de Salvador – BA entra para o RankBrasil em 2013 por ter sido a Primeira capital do país. Fundada em 29 de março de 1549, foi a capital brasileira durante 214 anos, entre 1549 e 1763.

O local foi escolhido por sua posição estratégica, que desde 1500 criou ligações entre Portugal, Brasil, África e Ásia.

As condições naturais da região também foram determinantes, por propiciar aos navegadores portugueses a parada segura de suas embarcações.

No ano de 1763, Salvador perdeu o posto para o Rio de Janeiro, uma vez que o ouro e os diamantes passaram a ser escoados pelo porto da cidade carioca, aumentando a sua importância econômica e política. Em 1961, o título foi transferido para Brasília, atual capital do Brasil.

História
A história de Salvador tem início em 1501, com a descoberta da Baía de Todos os Santos. Com qualidades portuárias e de localização, o que a tornou referência para os navegadores, a baía fomentou a ideia de construção da cidade. Em 1549 foi fundada oficialmente o município de Cidade do São Salvador da Baía de Todos os Santos, primeiro nome de Salvador.

No ano de 1550, os primeiros escravos africanos vieram da Nigéria, Angola, Senegal, Congo, Benin, Etiópia e Moçambique. Com o trabalho deles, a cidade prosperou, principalmente devido à atividade portuária, cultura da cana-de-açúcar e comercialização do algodão, do fumo, e do gado do Recôncavo.

Invasão holandesa
A riqueza da então capital do Brasil atraiu a atenção de estrangeiros, que promoveram expedições para conquistá-la. Entre maio de 1624 e abril de 1625, Salvador ficou sob o domínio holandês. Em 1638 houve mais uma tentativa de invasão da Holanda, desta vez sem obter êxito.

Refúgio da família real
Salvador também foi escolhida como refúgio pela família real portuguesa, ao fugir das investidas de Napoleão Bonaparte (imperador francês) na Europa, em 1808. Nessa ocasião, o príncipe regente D. João abriu os portos às nações amigas e fundou a Primeira faculdade de medicina do Brasil.

Independência
Em 1823, mesmo um ano depois da Proclamação da Independência do Brasil, a Bahia continuou ocupada pelas tropas portuguesas. No dia 02 de julho do mesmo ano, Salvador foi palco de um dos mais importantes acontecimentos históricos para o Estado – a Independência da Bahia – e que consolidou a total independência do país.

Patrimônio Mundial
Conhecido pela sua arquitetura colonial portuguesa, com monumentos que datam do século XVII até o XIX, o Centro Histórico de Salvador é Patrimônio Mundial. O título foi concedido em 1985, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).


Fontes: UOL EcoViagem e Wikipédia
Redação: Fátima Pires