Primeiro sítio brasileiro considerado Patrimônio Mundial

Concedido pela Unesco, em 05 de setembro de 1980, título inédito para o Brasil faz referência aos monumentos históricos da cidade

11/01/2013
4021 Acessos
Imprimir
Primeiro sítio brasileiro considerado Patrimônio Mundial
A cidade de Ouro Preto conquistou um título inédito para o Brasil - Foto: Divulgação ASCOM-PMOP - Fernando Helbert
A cidade histórica de Ouro Preto – MG entra para o RankBrasil por ter sido o primeiro sítio brasileiro considerado Patrimônio Mundial.

O título foi concedido em 05 de setembro de 1980, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Para o tombamento, a Unesco considerou várias características do município, entre eles, a preservação de suas ruas íngremes e estreitas, feitas em paralelepípedos, casas em estilo colonial e arquitetura barroca nas igrejas e museus – criação de Antônio Francisco Lisboa, conhecido como Aleijadinho.

Lista do Patrimônio Mundial no Brasil
ano patrimônio UF
1980 Cidade Histórica de Ouro Preto MG
1982 Centro Histórico de Olinda PE
1983 Missões Jesuíticas Guarani, Ruínas de São
Miguel das Missões
RS
1985 Centro Histórico de Salvador BA
1985 Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos,
em Congonhas do Campo
MG
1986 Parque Nacional de Iguaçu, em Foz do Iguaçu PR
1987 Plano Piloto de Brasília DF
1991 Parque Nacional Serra da Capivara, em São
Raimundo Nonato
PI
1997 Centro Histórico de São Luiz do Maranhão MA
1999 Centro Histórico da Cidade de Diamantina MG
1999 Mata Atlântica – Reserva do Sudeste SP/PR
1999 Costa do Descobrimento – Reserva da
Mata Atlântica
BA/ES
2000 Complexo de Áreas Protegidas da
Amazônia Central
AM
2000 Complexo de Áreas Protegidas do Pantanal MS/MT
2001 Centro Histórico da Cidade de Goiás GO
2001 Áreas protegidas do Cerrado: Chapada dos
Veadeiros e Parque Nacional das Emas
GO
2001 Ilhas Atlânticas Brasileiras: Reservas de
Fernando de Noronha e Atol das Rocas
RN
2010 Praça de São Francisco, na cidade de
São Cristóvão
SE
2012 Rio de Janeiro, paisagens cariocas entre
a montanha e o mar
RJ
A decisão de apresentar a candidatura de Ouro Preto foi de Aloísio Magalhães, na época secretário de Cultura do Ministério da Educação e Cultura. Antes do título mundial, a cidade foi considerada patrimônio estadual em 1933, e monumento nacional, no ano de 1938.

Entre os principais monumentos do município mineiro estão igrejas como a de Nossa Senhora do Pilar, São Francisco de Assis, Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Carmo; o Museu da Inconfidência; e o Teatro Municipal.

Fundada em 1698, a antiga capital de Minas Gerais tem sua origem na descoberta e exploração do ouro. A história de Ouro Preto está diretamente ligada à Inconfidência Mineira – movimento pró-Independência do Brasil, contra a exploração do ouro e em favor de melhores condições de vida do povo brasileiro.

A cidade está localizada a aproximadamente 95 quilômetros da atual capital Belo Horizonte e tem o nome de Ouro Preto devido a uma característica do mineral encontrado no local na época: o ouro era escurecido por uma camada de paládio (elemento químico), com tonalidade diferente da normal.


Fontes: Unesco, Brasil Escola e G1 Minas Gerais
Redação: Fátima Pires