Maior orquestra

Com 1.106 músicos, recorde foi superado no Playcenter, em São Paulo - SP

22/11/2005
18091 Acessos
Imprimir
Maior orquestra
Foto: Acervo RankBrasil
As auditoras do RankBrasil, Iolete Cadari e Aline Cardoso, estiveram no dia 20 de novembro de 2005, no Playcenter em São Paulo, para acompanhar o recorde da Maior orquestra do país. O título foi estabelecido durante a Virada Cultural da cidade.

O evento reuniu 40 bandas e fanfarras de escolas e entidades de diversas cidades, totalizando 1.106 participantes, com variados instrumentos.

A regência ficou a cargo do maestro Gian Marco Mayer de Aquino, principal tubista da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.

No repertório estavam o ´Hino Nacional Brasileiro´, de Joaquim Osório Duque Estrada e Francisco Manuel da Silva, e ´Trenzinho Caipira´, de Heitor Villa Lobos e Ferreira Guillar.

Organização
A professora Vanda Lago, que é a coordenadora responsável pelo Festival de Bandas e Fanfarras do Playcenter há mais de 30 anos, até então não havia tido a preocupação em divulgar o trabalho realizado.

Vários maestros e amigos que admiram seu trabalho, a incentivaram a publicá-lo e ter seu reconhecimento.

"Foi então que após pesquisas realizadas conhecemos o RankBrasil e procuramos o enquadramento correto para que pudéssemos submeter este trabalho a sua apreciação. Com os números em mãos, traçamos o plano de trabalho para a realização do evento”,diz Elvio Garroti, genro da professora.

Para a organização dos festivais, Vanda sempre contou com a ajuda de seu esposo Jorge Lago, sua filha Rosângela Garroti, o genro e sua neta Natália Garroti. Este ano, eles passaram a proposta para o Playcenter.

A ideia foi aprovada e o Playcenter cedeu toda a infraestrutura e o suporte necessário para o desenvolvimento das atividades, para a concentração dos músicos e a execução da orquestra.

Com o evento, a professora realizou dois grandes feitos: participou da primeira Virada Cultural realizada no Brasil e contribuiu para a formação da Maior orquestra do país.

Fanfarras
Durante as guerras mundiais, os soldados sofriam muito de solidão por estarem distantes das famílias, dos amigos e das cidades. Surgem então as fanfarras, com o objetivo de distrair as tropas e, ao mesmo tempo, reforçar a união e a disciplina.

Nas décadas de 50 e 60, as fanfarras foram marcadas por obrigações cívicas, o que gerava muita resistência dos jovens. Na década de 70 essa história mudou, quando a musicalidade cresceu em importância e os uniformes, antes brancos ou verdes-oliva, tornaram-se coloridos.

Com o passar do tempo surgiu espaço para o lado cênico das fanfarras, as chamadas fanfarras de evolução, que se apresentam com coreografias e atraem cada vez mais a atenção do público.


Recorde superado
Ano Cidade UF Número de músicos
2004 Cuiabá MT 167




Redação: RankBrasil
Revisão: Fátima Pires