Primeira mulher brasileira a vencer a São Silvestre

Com o tempo de 50min53s, ela foi a campeã do torneio de 1995, que teve percurso de 15 mil metros e a participação de 727 atletas

30/12/2012
6618 Acessos
Imprimir
Primeira mulher brasileira a vencer a São Silvestre
Arquivo pessoal - Carmem Sousa de Oliveira Furtado
Carmem Sousa de Oliveira Furtado, que entra para o RankBrasil, foi a primeira mulher brasileira a vencer a Corrida Internacional de São Silvestre – mais tradicional corrida de rua do país.

Ela foi campeã no torneio de 1995, com o tempo de 50min53s. A competição teve percurso de 15 mil metros e reuniu um total de 727 atletas, sendo que 559 concluíram a prova.

A recordista nasceu em Sobradinho – DF, em 17 de agosto de 1965. Além de ser a primeira do Brasil a vencer a São Silvestre, Carmem foi quatro vezes vice-campeã do torneio. Em Jogos Olímpicos, ela participou da competição de Barcelona, em 1992, na prova dos 10 mil metros, e em Atlanta, em 1996, na maratona.

Pan-Americanos
Carmem ainda recebe destaque por ter sido a primeira mulher do país a vencer os 10 mil metros do atletismo em Jogos Pan-Americanos, conquistando ouro em Mar del Plata, na Argentina, em 1995. Ela também obteve o bronze nos Jogos de Havana, em Cuba, no ano de 1991.

Corrida de São Silvestre
A Corrida Internacional de São Silvestre teve início em 1924 e nunca deixou de acontecer, mesmo durante a Segunda Guerra Mundial. A prova é realizada anualmente no dia 31 de dezembro, na cidade de São Paulo, reunindo atualmente milhares de atletas.

Participação das mulheres
O torneio permaneceu restrito a homens até 1975, quando as Nações Unidas instituíram a data como o Ano Internacional da Mulher. Aproveitando a oportunidade, os organizadores da São Silvestre realizaram no mesmo ano a primeira prova feminina.

Primeira campeã
A primeira campeã da corrida foi a alemã Christa Valensieck. Ela concluiu a prova em 28min39s, em um percurso de 8,9 mil metros. O torneio feminino de 1975 reuniu apenas 14 atletas.


Fontes: Site oficial da São Silvestre e Wikipédia
Redação: Fátima Pires