Roque Santeiro é a novela de maior audiência na história da TV brasileira

Trama de Dias Gomes e Aguinaldo Silva foi transmitida em 1985, atingindo uma média de 67 pontos de acordo com o Ibope

01/10/2012
3156 Acessos
Imprimir
Roque Santeiro é a novela de maior audiência na história da TV brasileira
Roque Santeiro é a novela de maior audiência na história da televisão brasileira, desde que o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) começou a fazer as medições. Escrita por Dias Gomes e Aguinaldo Silva, a trama atingiu uma média geral de 67 pontos.

No último capítulo, o Ibope registrou 96 pontos de média, com impressionantes picos de 100 pontos. A telenovela recordista estreou no dia 24 de junho de 1985 e ficou no ar até 22 de fevereiro de 1986. Com um total de 209 capítulos, foi exibida às 20h, na Rede Globo.

A ficção, que se consolidou como um dos grandes clássicos da teledramaturgia brasileira, foi estrelada por Regina Duarte, Lima Duarte, José Wilker, e muitos outros artistas famosos, mostrando como foco principal a história da viúva Porcina, do Sinhozinho Malta e do famoso Roque Santeiro.

Censura e liberação
A novela seria exibida em 1975, mas foi censurada e proibida. O motivo foi uma escuta telefônica do governo, em que o autor Dias Gomes afirmava que Roque Santeiro era apenas uma forma de enganar os militares, adaptando a peça ‘O Berço do Herói’ (de sua própria autoria) para a televisão, sem que eles percebessem que se tratava da mesma obra. Depois de 10 anos, no governo civil de José Sarney, a telenovela foi liberada.

Telenovelas de maior audiência
lugar novela ano pontos
no IBOPE
1º. Roque Santeiro 1985 67
2º. Tieta 1989 63
3º. O Salvador da Pátria 1989 62
4º. Renascer 1993 60
5º. Rainha da Sucata 1990 59
6º. Pedra sobre Pedra 1992 57
7º. Fera Ferida 1993 56
8º. Vale Tudo 1988 56
9º. O Rei do Gado 1996 52
10º. De Corpo e Alma 1992 52
A trama
A história se passa na cidade fictícia de Asa Branca. O coroinha Luiz Roque Duarte, conhecido como Roque Santeiro morreu ao desafiar os homens do bandido Navalhada, logo após seu misterioso casamento com Porcina. Santificado pelo povo, que lhe atribui milagres, ele se tornou um mito, fazendo prosperar a cidade ao redor de sua história de heroísmo.

O problema é que na verdade, Roque Santeiro não está morto e volta à cidade, ameaçando por um fim ao mito. Sua presença leva ao desespero diversas personalidades locais, entre o padre, o prefeito e o comerciante. Além disto, o retorno de Roque Santeiro prejudica Sinhozinho Malta, o doto-poderoso fazendeiro, que vê ameaçado o seu romance com a ‘viúva’ Porcina.

A confusão aumenta pelo fato de que Porcina nunca foi casada com Roque. A mentira foi articulada por Malta, para fortalecer o mito na cidade e tirar vantagens pessoais. Também recebe destaque na trama, entre outros personagens, o professor Astromar Junqueira (Ruy Rezende), suspeito de se transformar em lobisomen.


Fontes: TV Brasil e Wikipédia
Redação: Fátima Pires