País com maior número de voluntários para Copa do Mundo

Mais de 130 mil pessoas se candidataram para trabalhar de graça durante o mundial de 2014, um recorde histórico

25/09/2012
8258 Acessos
Imprimir
País com maior número de voluntários para Copa do Mundo
O Brasil é o país com o maior número de inscritos para o Programa de Voluntários da Copa das Confederações da FIFA 2013 e Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

Ao todo 130.919 pessoas se candidataram para trabalhar de graça durante os torneios, um recorde histórico. Os dados foram divulgados pela FIFA, em 24 de setembro de 2012, logo após o encerramento das inscrições. Os números superam a Copa da África do Sul, em 2010, que teve 70 mil voluntários, e também a Copa da Alemanha, em 2006, com 48 mil pessoas.

Estados brasileiros com
maior número de inscritos
lugar Estado candidatos
1º. São Paulo 33.208
2º. Rio de Janeiro 18.763
3º. Minas Gerais 13.247
4º. Distrito Federal 8.496
5º. Bahia 8.228
6º. Rio Grande do Sul 7.069
7º. Ceará 5.903
8º. Pernambuco 5.543
9º. Paraná 4.935
10º. Amazonas 4.299
A estimativa no Brasil era alcançar 90 mil inscritos, o que foi superado com sucesso. A maioria dos candidatos, 68.040, é homem, contra 62.879 mulheres. Em relação à idade, lideram as pessoas entre 16 e 25 anos, somando 67.449. Com mais de 65 anos, são apenas 787 voluntários. Além dos brasileiros, 7.450 inscritos vêm de outros países.

São Paulo é o Estado com maior número de candidatos, totalizando 33.208. Em segundo lugar aparece o Rio de Janeiro, com 18.763 voluntários, seguido de Minas Gerais, com 13.247. Entre os voluntários de outros países, a Colômbia aparece na primeira posição, com 908, a Argentina em segundo lugar, com 509, e a Espanha em terceiro, atingindo 504.
Países estrangeiros com o
maior número de inscritos
lugar país candidatos
1º. Colômbia 908
2º. Argentina 509
3º. Espanha 504
4º. México 500
5º. Estados Unidos 482
6º. Polônia 458
7º. Peru 331
8º. China 282
9º. Alemanha 247
10º. Ucrânia 165

Dos inscritos, 97% querem trabalhar na Copa do Mundo e 76% optaram pela Copa das Confederações. A FIFA deve convocar aproximadamente sete mil voluntários para a Copa das Confederações e cerca de 15 mil pessoas serão escaladas para o mundial.

Os colaboradores vão prestar serviços nos setores de transporte, mídia, tecnologia da informação, credenciamento, idiomas, segurança, entre outros. Cada convocado terá de cumprir carga horária de até 10 horas, com direito a transporte, alimentação e uniforme.


Fontes: Globo Esporte e IG Esporte
Redação: Fátima Pires