Primeiro ouro do Brasil na maratona paralímpica T46

Maratonista brasileiro venceu a prova nos Jogos de Londres com 2h30min40seg, melhor tempo de sua carreira

18/09/2012
3045 Acessos
Imprimir
Primeiro ouro do Brasil na maratona paralímpica T46
O maratonista Tito Sena conquistou o primeiro ouro do Brasil na maratona paralímpica classe T46 (para amputados ou com má formação congênita).

A medalha foi obtida nos Jogos Paralímpicos de Londres, em 2012, com 2h30min40seg, melhor tempo de sua carreira. Durante a competição, o brasileiro se revezou na liderança com o espanhol Ait Khamouch Abderrahman.

No penúltimo quilômetro da prova (que tem um total de 42 km), Sena ocupava a segunda colocação, mas após aumentar o ritmo e dar uma grande arrancada, ele ultrapassou o adversário e garantiu o ouro, ficando 40 segundos à frente do espanhol, que era o favorito absoluto.

Natural de Brasília – DF, Sena sofreu um acidente em 2003, na fábrica em que trabalhava, quando acabou comprimindo e perdendo parte de seu braço direito. Recuperado, ele entrou para o atletismo e com 45 anos, coleciona vitórias como forma de recompensa pelo esforço.

Nos Jogos Paralímpicos de Pequim, na China, em 2008, o maratonista ganhou a medalha de prata na mesma prova, apesar de ter sofrido uma ruptura em um tendão, no km 28. Em 2011, foi campeão da corrida de São Silvestre, na categoria para deficientes de membros superiores. Ainda em 2012, o brasileiro venceu a maratona de Paris, na França.


Fontes: Ministério do Esporte, Portal Terra e Globo Esporte
Redação: Fátima Pires