Inezita Barroso, apresentadora de televisão mais idosa

Com 89 anos de idade, Inezita Barroso comanda o programa ´Viola, minha Viola´, da TV Cultura de São Paulo

13/03/2014
8462 Acessos
Imprimir
Inezita Barroso, apresentadora de televisão mais idosa
Ignez Magdalena Aranha de Lima, conhecida por Inezita Barroso, é a Apresentadora de televisão mais idosa do Brasil.

Com 89 anos de idade, há 33 anos ela comanda o programa ‘Viola, minha Viola’, da TV Cultura de São Paulo, que também é transmitido pela TV Brasil.

Além de apresentadora de televisão e também de rádio, a recordista é cantora, atriz, instrumentista, folclorista e professora.

Considerada a rainha do folclore, Inezita Barroso tem uma longa carreira na televisão. Começou junto com a inauguração da TV Recorde, de São Paulo, na década de 1950, sendo a primeira cantora contratada. No SBT apresentou um programa musical que levava seu nome.

Ela também protagonizou programas ao vivo na TV Tupi de São Paulo, e diversas emissoras do Brasil, como TV Rio, Tupi do Rio, TV Itapuã da Bahia, TV Jornal do Comércio de Recife, TV Farroupilha de Porto Alegre, entre outras.

‘Viola, minha Viola’
‘Viola, minha Viola’ completa em 2014 a marca de 33 anos de transmissão ininterrupta e é considerado um dos mais antigos programas musicais da TV brasileira.

São mais de 1.400 programas gravados, quase todos sob o comando de Inezita. Pela TV Cultura vai ao ar aos sábados, às 20h e aos domingos, às 9h. Na TV Brasil é transmitido aos domingos, às 9h.

Música
A recordista nasceu em 04 de março de 1925, em São Paulo e começou a cantar e tocar violão e viola aos sete anos. Aos 11 iniciou seu aprendizado no piano e se tornou cantora profissional em 1953.

Ela gravou 80 discos, com mais de 900 músicas. Entre seus maiores sucessos estão ‘Marvada pinga’, de Cunha Jr., ‘Ronda’, de Paulo Vanzolini e ‘Lampião de gás’, de Zica Bergami e Hervé Cordovil.

Inezita recebeu mais de 200 prêmios na música, entre eles o Prêmio Sharp de Música, como melhor cantora regional, Grande Prêmio do Júri do Prêmio Movimento de Música, homenagem aos 47 anos de carreira e Prêmio Roquette Pinto, como melhor cantora de rádio.

Cinema
Como atriz, ela atuou em nove filmes e recebeu o Prêmio Saci, um dos mais importantes e cobiçados da época, por sua atuação em ‘Mulher de Verdade’.

Doutora em Folclore
Inezita é graduada em Biblioteconomia. Desde a década de 1980, ela dá aulas de folclore em universidades. Por sua dedicação recebeu o título de doutora ‘Honoris Causa’ (por honra) em Folclore Brasileiro.

Comendadora da música raiz
Em 2003, a recordista foi condecorada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, com a Medalha Ipiranga, recebendo o título de comendadora da música raiz.

Inspiração para o Carnaval
Inezita Barroso já foi enredo de várias escolas de samba de São Paulo, entre ‘Oba-Oba de Barueri’, ‘Cominados do Sapopemba’, ‘Pérola Negra’, ‘Iracema Meu Grande Amor’ e ‘Mocidade de Paulínia’. Ela também já desfilou como convidada da ‘Gaviões da Fiel’.

Superação
O RankBrasil havia registrado Hebe Camargo, 83 anos, como a apresentadora de televisão mais idosa e agora apresenta a superação do recorde, que foi apontado por uma leitora do site e confirmado após análise.


Fontes: ´Viola, minha Viola´, Wikipédia, Tudo sobre TV e Recanto Caipira
Redação: Fátima Pires