Maior ponte estaiada em águas fluviais

Com 400 metros de trecho suspensos por cabos sobre o rio Negro, recorde é do Estado do Amazonas

24/10/2011
4509 Acessos
Imprimir
Maior ponte estaiada em águas fluviais
A Maior ponte estaiada do país em águas fluviais, que entra para o RankBrasil, foi feita sobre o rio Negro e liga Manaus – capital do Amazonas – e a cidade de Iranduba.

É também a segunda maior ponte estaiada do mundo, ficando atrás apenas da ponte sobre o rio Orinoco, na Venezuela.

A construção brasileira tem 3.595m de comprimento e possui 400m de trecho suspensos por cabos. Seu mastro central possui 185m de altura, possibilitando navegações com 55m durante a época de cheias e até 70m na seca.

O custo total da obra foi de R$ 1,099 bilhão, sendo 586 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e R$ 513 milhões do Governo do Amazonas.

Considerada um dos mais importantes monumentos arquitetônicos do Estado, a construção representa um marco na integração da Região Metropolitana de Manaus.

A inauguração da ponte recordista aconteceu em 24 de outubro de 2011, data de aniversário da capital do Amazonas, que completou 342 anos.

Ponte estaiada
É um tipo de construção suspensa por cabos, constituída de um ou mais mastros, de onde partem os cabos de sustentação para os tabuleiros da ponte.

A ponte em números
- Investimento: R$ 1,099 bilhão
- Tempo da obra: três anos e dez meses
- Empregos diretos na obra: 3,4 mil
- Comprimento total: 3.595m
- Extensão do trecho estaiado: 400m
- Pistas para carros: duas (uma de cada sentido)
- Faixas: quatro (duas por pista)
- Pista para pedestres: duas (1,5m de cada lado)


Fonte: Governo do Amazonas
Redação: Fátima Pires